Publicado por: claudio | março 30, 2012

Puzzle (?) # 2 – Como o atravessador faz a alegria de todos

Vamos falar dos “atravessadores”. Todo aluno de Economia ouve de seu professor que um este “atravessador” (ou “especulador”) nada mais faz do que aumentar o bem-estar. Isto está correto. Mas será que você realmente entendeu o argumento?

Pense em termos simples, com um produto de oferta perfeitamente inelástica e uma demanda que não muda de um ano para o outro (seja esperto: use curvas lineares). Digamos que o produto é o café.

Verdadeiro ou falso: Se a colheita de café para 2013 está prevista como menor do que a de 2012, o atravessador que compra o café agora para vender em 2013 com um lucro, digamos, “obsceno”, cumpre uma tarefa socialmente desejável.

Para este puzzle, basta saber um pouco de oferta, demanda e conceitos relacionados (não preciso dizer quais, né, espertinho?). Desta vez, a resposta deve vir até às 14:00 h de amanhã (sexta, 30/03/2012).

Vou deixar a participação em aberto para todos os alunos das minhas quatro disciplinas. Entretanto, esta vale apenas 0.5 pontos extras (meio ponto).

Note que, neste puzzle, a resposta não é tão especulativa (eu especifiquei mais os itens do problema). Portanto, sim, este problema envolve um pouco mais de precisão.

 

Anúncios

Responses

  1. Verdadeiro. Se o atravessador compra o café em 2012 e vende em 2013, compensando uma safra baixa, ele gerou um aumento do excedente total, que seria menor se a quantidade negociada no mercado em 2013 fosse a da safra de 2013 (dado a hipótese de ceteris paribus da demanda por café).

    Do ponto de vista distributivo, o especulador exerceu seu poder de mercado para aumentar seu próprio excedente, o que gera uma desigualdade de renda. Porém, do ponto de vista social, existem mais ganhos de troca, o que reflete uma situação Pareto-superior à situação em que a quantidade negociada seria a colhida em 2013 (já que, no caso da oferta ser completamente inelástica, a quantidade não determina o preço).

  2. Verdadeiro, conforme já descrito e pontuado pelo Uriel. Só gostaria de adicionar que não existe tal coisa como lucro “obsceno” visto que o “atravessador” assumiu o risco de a safra de café posterior ser maior do que se espera e perder sua aposta, portanto, o mesmo será remunerado de maneira adequada, supondo não haver qualquer tipo de manipulação do mercado.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: