Publicado por: claudio | fevereiro 22, 2013

Não adianta…

Não adianta, eu avisei em sala que o material para 2013 está neste link, mas vários não ouviram. Não, não, eu falei e mostrei na sala. Logo, não espere encontrar nada aqui para o primeiro semestre de 2013, ok? Talvez esta página seja até desativada.

Publicado por: claudio | dezembro 31, 2012

Os números de 2012 (um resumo)

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog.

Aqui está um resumo:

600 pessoas chegaram ao topo do Monte Everest em 2012. Este blog tem cerca de 5.100 visualizações em 2012. Se cada pessoa que chegou ao topo do Monte Everest visitasse este blog, levaria 9 anos para ter este tanto de visitação.

Clique aqui para ver o relatório completo

O ano: 1929. O evento: colapso da Bolsa de Nova Iorque. A crise de 1929 transforma-se na chamada “Grande Depressão”. Seus efeitos se espalham pelo mundo e atingem o Brasil que, segundo alguns, já estava em crise desde 1928.

Diante desta nova má notícia, o presidente Washington Luís (deliciosa ironia da história o sujeito se chamar Washington?), que, até então, dizia que o apoio do governo federal ao setor cafeeiro era importante, muda de idéia. Antes, um defensor da idéia de que a demanda mundial de café era inelástica, o que justificava sua intervenção, agora dizia que a retirada do apoio deixaria o preço do café cair, aumentando as receitas de exportação do produto.

Não vale mais pontos, mas é um puzzle  interessante de ser analisado por meio das simples “oferta” e “demanda”. Suponha que boa parte da oferta mundial do café é preenchida pelo fornecimento tupiniquim e siga em frente. É um exercício simples, mas muito interessante, principalmente para quem já viu um pouco de história do Brasil.

Publicado por: claudio | junho 3, 2012

Macroeconomia microfundamentada

Muita gente acha que macroeconomia microfundamentada é apenas mais um calhamaço de material para decorar. Ledo engano, claro.  Excelentes economistas sabem que não podem se esconder no que há de “mais ultrapassado” para analisar a realidade. Ou seja, se é esta a teoria, use-a.

Mais ainda, ela se prova bem útil. Basta ler esta análise publicada hoje no Estadão e reproduzida aqui.

Quem já estudou esta área do livro-texto de Macroeconomia perceberá rapidamente que a análise do prof. Pastore é uma talentosa, lógica e precisa aplicação da Macro, da Micro e, se deixassem ele fazer umas regressões, também Econométrica da realidade.

Bem, eis aí uma bela pergunta para o pessoal da área interdisciplinar chamada de “Economia e Biologia Humana”. Ah, a resposta… Já me esquecia.

Publicado por: claudio | maio 28, 2012

O filme estruturalista

Novo artigo que deve gerar polêmica (caso a metodologia esteja correta): este aqui. Sim, ele diz ter encontrado suporte para a hipótese de Prebisch-Singer sobre a deterioração dos termos de troca.

Como falei sobre isso para alguns alunos, talvez seja interessante divulgar este artigo. Vai que algum deles lê este blog…

Publicado por: claudio | maio 27, 2012

Domingo de sol…

Interessante estas duas séries de preços de escravos (logs) para homens e mulheres. Os dados são de Bergard, L.W. “Escravidão e História Econômica”, EDUSC, 2004.

Ah sim, os dados são para Minas Gerais, creio.

Considerando o contexto da época, será que os preços seriam endógenos ou algum deles seria exógeno? Eis aí algo a se pensar em algum momento deste domingo.

Publicado por: claudio | maio 27, 2012

Última lista de Análise Macroeconômica IV

Atenção para as instruções da última lista recém-publicada na intranet.

Desnecessário lembrar que não se deve faltar às aulas para que se possa alcançar o total de pontos de atividades como esta.

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.