Publicado por: claudio | junho 4, 2010

Piratas, japoneses, chineses, frances, norte-americanos e as externalidades em Djibouti

Vale como um exemplo interessante de bem público e de como os custos e benefícios nem sempre recaem todos sobre os mesmos agentes, na mesma magnitude. Japão, China, França e EUA têm um interesse comum que é a diminuição da violência terrorista (e pirata) na região. Seja por transporte de petróleo, seja por ações terroristas, é um empreendimento que aumenta a segurança na região.

Mas, há o que pensar sobre a economia local de Djibouti. Pode esta base melhorar a economia local? Dado que piratas e terroristas geram externalidades negativas, a resposta pode ser positiva.

Links interessantes:

1. Wikipedia – Piracy in Somalia

2. Dados sobre atividades de pirataria no mundo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: